Você conhece o significado de Kung Fu? Aprenda aqui!

Kung Fu é uma arte marcial milenar conhecida por todo o mundo. Suas características únicas fizeram com que ele fosse difundido pelos mais diferentes países e praticado por todos os tipos de pessoas.

Apesar de ser bastante tradicional, seu desenvolvimento é contínuo e, por isso, torna-se mais famoso a cada dia. No entanto, o real significado de Kung Fu é desconhecido por muitos, levando algumas pessoas a entenderem de forma errada o que se essa arte marcial representa ou confundindo seu conceito com diversas lutas e outras palavras chinesas, como Wushu.

Por isso, no post de hoje, vamos falar sobre o que é o Kung Fu, como ele se tornou conhecido pelo mundo e qual o significado do termo. Confira!

O que é Kung Fu?

O Kung Fu é uma arte marcial milenar, de origem chinesa, que se desenvolveu ao longo da história desse país, acompanhando dinastias, guerras e conquistas.

É importante ressaltar que quando dizemos que o Kung Fu é uma arte marcial, estamos dizendo que ele representa muito mais do que uma simples luta, combate ou exercício físico que visa a autodefesa e vitória em combates.

O Kung Fu é um sistema completo que alinha corpo e mente, estimula o autoconhecimento e o autocontrole. Dessa forma, ele proporciona equilíbrio, disciplina, concentração e diversos outros fatores que fazem parte do desenvolvimento pessoal.

Seus movimentos, que são eficazes em situações de combate, também representam força, respeito, admiração pelo outro, defesa pessoal e clareza de espírito. 

Como o Kung Fu se difundiu pelo mundo?

Incialmente conhecido como Ch’uan fa — estilo do punho — o Kung Fu começou a se desenvolver no período da Dinastia Chou, aproximadamente 1122 a.C. Desde então, seus movimentos adquiriram formas complexas e deram origem a diversos estilos que foram e continuam sendo divulgados pelo mundo.

Muitas desses modalidades foram baseados na observação do comportamento de animais, como o Louva-a-Deus e o Garça Branca, que estão entre os estilos mais famosos no mundo. E não para por ai: além de contar com mais de 1000 variações próprias, o Kung Fu também deu origem a outras artes marciais como o Karatê e o Jiu-Jitsu.

Com tantas vertentes e por ser uma poderosa maneira de autodefesa, essa arte marcial fez parte da história de muitas dinastias chinesas e acabou se popularizando pela Ásia. Acredita-se que um dos primeiros contatos entre o ocidente e a arte marcial chinesa tenha se dado por meio do explorador italiano Marco Polo. 

Polo marca a história de difusão do Kung Fu por ter sido o primeiro europeu a descrever detalhadamente suas experiências na China, além de possibilitar um traçado mais preciso da rota entre a Europa e o território Chinês.

A partir de Polo, o contato dos países do ocidente com a China foi intensificado e aspectos da cultura chinesa foram incorporados ao restante do mundo — incluindo as artes marciais.

O processo de difusão do Kung Fu para o ocidente ficou ainda mais forte com as viagens de padres jesuítas no século XVIII e, atualmente, continua a acontecer por meio de filmes, séries e muitos outros meios de comunicação.

Qual o significado de Kung Fu?

Agora que você já sabe que o Kung Fu é muito mais do que uma simples luta e entende um pouco mais sobre como ele se tornou popular no ocidente, fica mais simples entender o real significado do termo que dá nome a essa arte marcial.

O termo Kung Fu, muitas vezes utilizado pelos chineses para descrever algo que foi realizado por meio de muito esforço e competência, pode ser traduzido como “trabalho duro” ou “tempo e habilidade”.

O nome está relacionado ao rigor envolvido na prática das artes marciais e indica o que se espera daqueles que aprenderão o Kung Fu: disciplina, prática constante, resistência, foco e determinação.

Somente na posse dessas qualidades, um estudante de Kung Fu poderá ultrapassar os desafios de tantos treinos árduos, aprendizado constante, dificuldades e, até mesmo, dores corporais.

Além disso, o nome também está relacionado ao esforço necessário para o desenvolvimento pessoal, uma vez que o praticante de Kung Fu deve apresentar bons padrões morais, respeitando os outros e a si próprio.

A filosofia da arte marcial também se relaciona ao “trabalho duro”, pois exige o desenvolvimento de uma relação harmoniosa com a ordem natural das coisas, com o equilíbrio e com a aplicação dos ensinamentos na maneira integral de viver, ou seja, no dia a dia. Essas características são tão marcantes na prática do Kung Fu que podem ser notadas desde a forma de saudação entre os praticantes: a Kin Lai.

A saudação segue um rigor típico de um sistema de disciplina. Deve ser realizada com as duas mãos, sendo que a direita deve estar fechada, para representar a força e sol, e a esquerda deve estar aberta, representando a lua e a inteligência. A mão esquerda deve se unir a mão direita, indicando a junção do sol com a lua e formando o Ming, uma das principais características do Kung Fu — a clareza de espírito.

Sendo assim, desde o primeiro contrato entre os praticantes de Kung Fu é possível notar o trabalho árduo de desenvolvimento, a forma de respeito e admiração pelo adversário, a necessidade do uso da inteligencia, da força e do autocontrole.

É importante ressaltar que, diferentemente do que se diz em alguns lugares do ocidente, o termo Kung Fu não significa “a arte da guerra”. Essa confusão de significados acontece devido a uma outra palavra chinesa: wushu.

Wushu, que significa “a arte da guerra” é o termo utilizado para designar todas as artes guerreiras, sendo elas marciais ou militares. Dessa forma, o Kung Fu faz parte da totalidade do Wushu, mas é apenas uma das artes entre todas as outras que seguem essa vertente.

Quando pensamos no significado de Kung Fu, podemos entender por que essa arte marcial é tão benéfica para nossas vidas: além de auxiliar no desenvolvimento da saúde física e mental, é um caminho para o desenvolvimento pessoal, sempre por meio de um trabalho duro e como seres humanos.

E se você gostou de conhecer o significado de Kung Fu, não deixe de conferir o nosso post sobre as origens e lendas dessa arte marcial milenar que pode transformar o seu corpo e a sua mente.

Equipe TSKF
Equipe TSKF

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Share This